Esperança

Se em Deus depositamos também a Esperança, se Nele esperamos, finalmente o encontraremos

Testemunho - Dignidade devolvida

Testemunho de Gabi que teve sua dignidade de filha de Deus resgatada após seu encontro pessoal com Jesus. O Senhor a conduziu a um processo de conversão diária, luta verdadeira pela santidade.

Artigos

Tempo de Voltar para Deus

Em todo o tempo o Senhor nos dá a oportunidade de voltarmos nosso olhar para Ele. A Quaresma é mais um desses momentos…

Quarenta dias de vivência intensa de oração. Tempo de jejum e penitência. Tempo de rever o que tem ocupado o lugar de Deus em nosso coração e por isso nos tem afastado d’Ele. Tempo de cuidar mais do outro, de experimentar a graça da misericórdia de Deus através da vivência com os irmãos. Ser caminho de Deus para o outro…

Tempo de busca, incessante, pela santidade proposta… Enfim, tempo de alimentar dentro de nós a concreta vontade de Deus e, a partir desse momento, que também é de espera, fomentar dentro de nossos corações a ânsia de, com Cristo, morremos para nossos pecados… E a grande alegria de por Ele sermos ressuscitados para uma nova vida. Ao final desse tempo, um grande ALELUIA brotará dentro de nós!

“Meu Senhor e meu Deus, toma de mim tudo o que me impede de chegar até Ti.” (São Nicolau de Flüe)

 

por Janaina Ramos

É preciso saber sofrer. Sofrer na fé!

O sofrimento é uma realidade de vida, na qual todos nós estamos sujeitos. Muitas vezes ele chega a nossas vidas sem esperarmos e nos perguntamos “Por que isso acontece comigo?" "Por que eu tenho de sofrer?" Onde está Deus nesse momento?” É comum nos indignar com o sofrimento.

Isso acontece porque não sabemos sofrer. Porque somos imaturos! Nós crescemos no tamanho, e não no pacto com a vida. Porém, o sofrimento é inerente à vida. É preciso saber sofrer. E saber sofrer, é sofrer na fé!

Se pararmos um pouco para pensar, perceberemos que Jesus fez do sofrimento a matéria prima da salvação. Ele deu sentido ao sofrimento pela sua morte, e morte de Cruz!


Eu desejo o céu. Combati o bom combate.

Em mim sempre existiu o anseio do céu. Sempre penso no dia de encontrar a Deus face a face, de olhá-lo nos olhos e poder dizer: Senhor eis me aqui! Cumpri o que Tu me pedistes, "combati o bom combate". Onde está a morada que Tu preparastes para mim?

Talvez para muitos isso possa parecer pretensão do meu coração. Mas tenho certeza, pelo pouco que conheço a Palavra de Deus, que este é o sonho mais íntimo de Nosso Senhor para cada um de nós. Deus sonha em nos dá o céu, em ter-nos no céu.

Nesses dias tenho rezado sobre minhas decisões de vida, sobre o que fazer daqui pra frente. Em toda minha história de conversão me questionei sobre duas passagens. Hoje quero me deter com vocês em uma delas, a passagem do Jovem Rico (Mt 19, 16-26).

 

As ossadas revivem!

1. A mão do SENHOR estava sobre mim, e o SENHOR me levou em espírito para fora e me deixou no meio de uma planície repleta de ossos. 2. Fez-me circular no meio dos ossos em todas as direções. Vi que havia muitíssimos ossos sobre a planície e estavam bem ressequidos. 3. Ele me perguntou: “Filho do homem, estes ossos poderão reviver?” E eu respondi: “Senhor DEUS, és tu que sabes!”4. E ele me disse: “Profetiza sobre estes ossos e dize-lhes: Ossos ressequidos, ouvi a palavra do SENHOR! 5. Assim diz o Senhor DEUS a estes ossos: Vou infundir-vos, eu mesmo, um espírito para que revivais. 6. Eu vos darei nervos, farei crescer carne e estenderei por cima a pele. Porei em vós um espírito para que revivais. Então sabereis que eu sou o SENHOR”.7. Profetizei conforme me fora ordenado. Enquanto eu profetizava, ouviu-se primeiro um rumor, e logo um estrondo, quando os ossos se aproximaram uns dos outros. 8. Eu olhei e vi nervos e carne crescendo sobre eles e, por cima, a pele que se estendia. Mas faltava-lhes o sopro de vida. 9. Ele me disse: “Profetiza para o espírito, profetiza, filho do homem! Dirás ao espírito: Assim diz o Senhor DEUS: Vem, ó espírito, dos quatro ventos, soprar sobre estes mortos para que eles possam reviver!”10.


Sub-categorias

AJUDE-NOS

Comunidade Católica Família em Missão

CNPJ 19 446 396/0001-23


Banco: ITAU
Agência: 0667  |   Conta Corrente: 8945-2

 

Liturgia Diária