Esperança

Se em Deus depositamos também a Esperança, se Nele esperamos, finalmente o encontraremos

Testemunho - Dignidade devolvida

Testemunho de Gabi que teve sua dignidade de filha de Deus resgatada após seu encontro pessoal com Jesus. O Senhor a conduziu a um processo de conversão diária, luta verdadeira pela santidade.

Pregação – O amor de Deus – II Seminário de Vida no Espírito Santo

liviaFamiliaA palavra AMOR não deriva de nada, é plena por si. Deus é amor, Deus é Deus e basta, e nada se compara ao Seu amor. O amor de Deus é algo que eu sinto, é o motivo da minha existência. O motivo de eu estar aqui. Deus nos fez por amor e cheios de amor. Ele é como um pintor que expressa seus sentimentos num quadro e se orgulha de sua obra a fim de traduzir os traços que fez. Assim também é Deus, Ele pintou você. Seus traços foram feitos com muito amor, de forma única e com certeza ao terminar Ele suspirou: que obra prima!

 

A obra de Deus como a do pintor é a essência do seu sentimento. Você não é obra do acaso! Independente do padrão de beleza, Ele te fez lindo(a), perfeito(a)! O mundo nos diz sobre um padrão de beleza, cabelos, corpo, rosto afilado. Através da mídia esses padrões são estabelecidos e acabamos por querer mudar a obra perfeita que Deus fez, a Sua imagem e semelhança. Para Deus não há padrão de beleza, a beleza é única na sua essência! Ao nos encontrarmos com Deus percebemos nossa essência primeira: o amor!

Pregação – Pecado e Salvação – II Seminário de Vida no Espírito Santo

Muitas vezes não sabemos o que é verdadeiramente o pecado, fazemos disso um bicho de sete cabeças. O pecado tem inicio com a desobediência do homem. Deus fez todas as coisas, viu que era bom, e fez o homem. A intimidade que Deus tinha com o homem era grandiosa, mas pela desobediência do homem o pecado entrou na nossa historia. Quando o homem se afasta e decide viver longe de Deus, aí entra o pecado. O conceito do pecado, portanto, é a desobediência do homem, que o faz se afastar de Deus.

Muitas vezes, por exemplo, quando olhamos os dez mandamentos, nós vemos isso como um peso: “ah meu Deus, eu tenho que cumprir todos esses dez mandamentos”. Porém, ao contrário de ser um peso, é um grande privilégio poder obedecer aos mandamentos de Deus. Nós somos livres, Deus não nos fez marionetes ou bonecos que Ele manipula. Deus nos deu a liberdade de filhos para sermos felizes. Mas muitas vezes não a sabemos usar, assim como fez o filho pródigo. Do mesmo modo que o Pai espera o filho pródigo, dia após dia, assim faz Deus, Ele nos espera!

Pregação – Senhorio de Jesus – II Seminário de Vida no Espírito Santo

A pessoa da qual eu venho falar, deve ser o centro das nossas vidas, que é a pessoa de Jesus. Um Deus que não ficou distante de nós, mas que se fez carne e conheceu as nossas dores e nossas limitações. Um Deus que foi incapaz de ignorar a realidade do homem, mas se fez homem para nos mostrar que tudo é possível, quando estamos com o Senhor.

 

Quando o pecado entra em nossas vidas ele começa a nos desfigurar. Temos visto pessoas desfiguradas pelo pecado, uma desfiguração até mesmo visível, nas feições na maneira de se vestir. As pessoas andam tristes, e o único que é capaz de preenchê-los é Jesus Cristo.

 

Ao logo da nossa história de Salvação, Deus nos mandou juízes, profetas, inúmeras pessoas, até o ponto de não agüentar mais o sofrimento da humanidade e se fazer carne como nós, e nos enviar o Seu Filho, para que voltemos a estar em comunhão com Ele.

João 4, 1-26 http://www.bibliacatolica.com.br/01/50/4.php

Pregação – Fé e conversão – II Seminário de Vida no Espírito Santo

Família, eu acredito no céu, e quando eu digo pra você é porque eu acredito mesmo. Eu sei que o céu vai ser uma grande experiência, porque nós somos cheios de defeitos e limitações que nos prendem. Mas no céu elas vão desaparecer. Estaremos diante daquele que é perfeito, e isso que é o céu. Eu não consigo imaginar o céu sem pessoas, eu espero ir pro céu e encontrar VOCÊ lá.

É ou não é verdade que quando estamos precisando de algo e tem alguém do nosso lado, ficam mais fácil? O fato de ter alguém ao nosso lado cria esperança, motivação, um ambiente diferente. No coração do outro existe uma riqueza insondável e que ele pode partilhar. E o céu é quando nós descobrimos o outro. Quem faz a experiência do amor não quer abandonar nunca mais.

AJUDE-NOS

Comunidade Católica Família em Missão

CNPJ 19 446 396/0001-23


Banco: ITAU
Agência: 0667  |   Conta Corrente: 8945-2

 

Liturgia Diária